A Vertente “Cyber” da Criminalidade Organizada

CEDIS Working Paper VARIA nº 1 | Março | 2020

Resumo e palavras chave

Autor: Diogo A. M. R Dias Azedo

 

RESUMO

Este trabalho pretende debruçar-se sobre criminalidade organizada e a sua evolução tecnológica. Devido a esta evolução (das TIC), a Cibersegurança assume uma importância cada vez mais especial no Ciberespaço e na Segurança dos Estados. Com as novas tecnologias e com a inovação constante das próprias, as ameaças e os riscos provenientes do ciberespaço estão em permanente mutação. Tecnologias estas, que são bastante vulneráveis, isto porque “…por um lado, trazem claros benefícios à sociedade, por outro lado, vêm aumentar, de forma significativa, os riscos decorrentes da sua dependência e da quantidade de informação armazenada e em circulação, expondo o Estado, as empresas e os cidadãos.” O desenvolvimento do mundo digital, foi um fenómeno que se interligou com o mundo da criminalidade organizada, como não podia deixar de ser. Este tipo de criminalidade já era conhecida pela sua complexidade, mas devido à evolução tecnológica dos últimos dez anos, com ela evoluiu a complexidade dos crimes organizados. Mostra-se relevante abordar este tema não só no âmbito das caraterìsticas do crime organizado e da cibercriminalidade, como também nas possíveis ações estratégicas no combate contra estes tipos de criminalidade. Atualmente a União Europeia é um dos palcos de estreia destas ameaças e de diversas formas de criminalidade, que produzem consequências a nível internacional, a criminalidade organizada (e os seus cibercrimes) não é excepção.

PALAVRAS-CHAVE
Cibersegurança; Ciberespaço; Criminalidade Organizada; Cibercriminalidade; Ações Estratégicas.

Abstract and keywords

Author: Diogo A. M. R Dias Azedo

ABSTRACT

This working paper intends to focus on organized crime and its technological evolution. Due to this (ICT) evolution, Cybersecurity assumes an increasingly special importance in Cyberspace and State Security. With new technologies and constant innovation of their own, threats and risks from cyberspace are constantly changing. These technologies, which are quite vulnerable, because “… on one hand, they bring clear benefits to society, on the other hand, they significantly increase the risks arising from their dependence and the amount of information stored and in circulation, exposing the State, companies and citizens. ”The development of the digital world, is a phenomenon that´s interconnected with the world of organized crime, as it could not be otherwise. This type of crime was already known for its complexity, but due to the technological
evolution of the last ten years, the complexity of organized crimes has evolved with it. It is relevant to address this issue not only in the context of the characteristics of organized crime and cybercrime, but also in the possible strategic actions to combat these types of crime. Currently, the European Union is one of the first stages of these threats and of various forms of crime, which have consequences at the international level, the organized crime (and its cybercrimes) is no exception.

KEYWORDS
Cybersecurity; Cyberspace; Organized Crime; Cybercrime; Strategic Actions.

Ver Publicação

WP2-VARIA