AS AMEAÇAS HÍBRIDAS – UMA ABORDAGEM CONCEPTUAL NO QUADRO DA OTAN E DA UE

CEDIS Working Paper Direito, Segurança e Democracia n.º 60 outubro 2018

Resumo e palavras chave

Autor: João Pereira

 

RESUMO

Atendendo à crescente preocupação dos países da UE e da OTAN perante um novo quadro de ameaças proporcionado pela interconetividade e informatização da vida moderna, as ameaças híbridas têm vindo a causar apreensão pelo potencial subversivo que acarretam para o Estado de direito democrático. A dificuldade de definição concetual das ameaças híbridas tem afetado a compreensão deste fenómeno e, consequentemente, a capacidade de prevenção e resposta dos países visados, tendo, recentemente, a UE e a OTAN colaborado na elaboração e implementação de uma estratégia coordenada destinada, por um lado, à compreensão do fenómeno e, por outro, à preparação de uma capacidade de resposta. Caracterizadas por ações multidimensionais coordenadas e sincronizadas, as ameaças híbridas empregam um leque amplo de meios que tendem a explorar os limiares da deteção e da autoria, explorando, também, os limites da paz e da guerra, procurando afetar os interesses estratégicos dos países visados.

 

PALAVRAS-CHAVE

Ameaças híbridas, segurança, OTAN, UE, estratégia

Abstract and keywords

Hybrid threats – A conceptual approach in the EU and NATO frameworks

 

Author: João Pereira

 

ABSTRACT

Given the growing concerns of the EU and NATO regarding the new framework of threats that arise from the interconnectivity and the digitation of modern life, hybrid threats have been raising major apprehensions to the rule of law and democratic States in consequence of the subversive potential they carry. The difficulties associated to the conceptual definition of hybrid threats have been affecting the understanding of this phenomenon and, consequently, the capacity of prevention and response of the affected countries. To that end, the EU and NATO have been collaborating to the elaboration and implementation of a strategy aimed at understanding the phenomenon and preparing a response capacity. Hybrid threats are multidimensional, coordinated and synchronized actions that use a wide range of means that tend to exploit the limits of detection and authorship, as well as limits of peace and war, seeking to undermine the strategic interests of the targeted countries.

 

 

KEYWORDS

Hybrid threats, security, NATO, EU, strategy

Ver Publicação

WP2 - DiSeD