Lisboa: uma cidade-modelo na inclusão das pessoas surdas

Sumário do Projeto

O presente trabalho de investigação científica tem como objetivo principal identificar os principais problemas relacionados à acessibilidade e participação dos Surdos na comunidade lisboeta e sugerir modificações capazes de adequar o ambiente urbano de Lisboa às suas necessidades específicas e aos seus anseios, de forma a garantir uma maior igualdade de tratamento da comunidade surda relativamente aos demais habitantes da cidade.

Para que isso seja possível, pretende-se realizar um levantamento bibliográfico acerca das políticas e legislações já existentes acerca do assunto para que, na sequência haja uma verificação de sua implementação na realidade.

Além disso, pretende-se proceder a um levantamento das necessidades e preocupações da comunidade surda na matéria específica da sustentabilidade e da vivência ao ar livre, bem como de possíveis mecanismos e instrumentos tecnológicos que as cidades dos dias de hoje têm ao dispor ou podem implementar no sentido de facilitar as atividades do dia-a-dia dos membros da comunidade Surda, desde a mobilidade, passando pelas infraestruturas públicas e privadas e até a utilização das novas tecnologias.

Por fim, visando abordar a questão de forma holística e envolver diferentes atores no processo de integração da Comunidade Surda, este projeto de investigação, através de uma abordagem multidisciplinar, pretende verificar a possibilidade de desenvolvimento de políticas públicas de saúde voltadas especificamente à Comunidade Surda que possam, dentre outras finalidades, auxiliar na promoção da literacia na saúde através da Língua Gestual Portuguesa, promover o seu bem estar no meio ambiente urbano de Lisboa gerando efetivo aumento em sua qualidade de vida e estimular participação cívica que permita o desenvolvimento de um meio ambiente (auto)-sustentável em que os Surdos sejam não apenas os destinatários, mas os geradores e difusores de informação e atuem como participantes nos processos de melhoria da qualidade de vida os cidadãos da cidade de Lisboa.

 

Objetivos Específicos do Projeto

Com o desenvolvimento da presente pesquisa científica, pretendem-se obter dois grandes resultados:

O primeiro consiste na obtenção e divulgação de resultados estatísticos, quantitativos e qualitativos (os quais hoje não existem) acerca das reais necessidades dos Surdos na cidade de Lisboa – o que será realizado através de consultas às associações e federação que representam os Surdos de forma coletiva neste município. Esta etapa da pesquisa mostra-se extremamente relevante, uma vez que permitirá levantamento de dados que poderão auxiliar o Poder Público do concelho de Lisboa no mapeamento da Comunidade Surda que nele existe e na identificação de suas principais necessidades não apenas para os objetivos listados neste projeto, mas para diversas outras políticas que venham a ser realizadas no âmbito deste grupo cultural e linguístico.

O segundo consiste na elaboração de um relatório que retrate a realidade empiricamente descrita na primeira fase da pesquisa, verifique a existência de legislação capaz de a ela se aplicar (de modo a melhorar a participação e promover a acessibilidade e integração dos Surdos) e apresente sugestões de ações e políticas a serem desenvolvidas na melhoria do meio ambiente urbano de Lisboa em face das necessidades dos Surdos.

 

Instituições

Faculdade de Direito da UNL
NOVA IMS – Information Management School
Escola Nacional de Saúde Pública

 

Equipa de Gestão de Projeto na Faculdade de Direito da UNL

Prof.ª Doutora Helena Pereira de Melo (Investigadora Principal – FDUNL-CEDIS)
Prof.ª Doutora Maria Isabel Loureiro (ENSP)
Prof. Doutor Miguel de Castro Neto (IMS)
Doutoranda Marília Beatriz Leal Salvador Conti Higa (FDUNL-CEDIS)
Doutorando Tiago Melo Cartaxo (FDUNL-CEDIS)

Duração

Fevereiro de 2018 a Fevereiro de 2019

 

Financiamento

Entidades Financiadoras: Universidade Nova de Lisboa – NOVA Saúde; Faculdade de Direito da UNL

Valor do Financiamento: 12000€