PROTEÇÃO CIVIL, SEUS AGENTES E OS INCÊNDIOS FLORESTAIS

CEDIS Working Paper Direito, Segurança e Democracia n.º 45 setembro 2016

Resumo e palavras chave

Autora: Cristina Sofia Polleri Martins

 

RESUMO

A Proteção Civil apresenta-se como algo absolutamente fundamental na sociedade de risco em que vivemos. A qualquer momento podem ocorrer um conjunto vasto de acidentes ou catástrofes que impliquem a necessidade de existência de uma estrutura de Proteção Civil. Esta tem de ser capaz não só de prevenir a existência destes fenómenos, mas também de neles atuar e de prover a segurança dos cidadãos e seus bens.

A Proteção civil é uma tarefa do Estado, mas também de todos os cidadãos em especial no que toca à prevenção.

A atuação da Proteção civil, bem como a dos seus agentes, é especialmente relevante durante o verão face à grande ocorrência que se regista de incêndios florestais no nosso país.

Os incêndios florestais são dos fenómenos ligados à proteção civil que mais marcam o nosso país, seja pelos danos ambientais, materiais ou até mesmo pelas mortes que se registam no seu combate.

Falar em proteção civil e em incêndios florestais implica falar, inevitavelmente, em bombeiros voluntários. Pois são estes os principais agentes de proteção civil que, ano após ano, combatem os incêndios florestais (não obstante o importante papel de outros agentes como as forças armadas e as forças de segurança).

 

PALAVRAS CHAVE

Proteção civil, incêndios florestais, agentes de proteção civil, bombeiros.

 

CEDIS Working Papers Direito, Segurança e Democracia ISSN 2184-0776

Abstract and keywords

Civil Protection, their Agents and Forest Fires

 

Author: Cristina Sofia Polleri Martins

 

ABSTRACT
The Civil Protection presents itself as something absolutely crucial at the risk society in we live in. It could occur, at any time, all sorts of of catastrophes and accidents that require the existence of a Civil Protection Structure. The Civil Protection has to be able, not only to prevent the existence of this phenomena, but also to act and promote the security of the citizen and its propriety.
The Civil Protection is State obligation, but also is a responsibility of all citizens, especially when we talk about prevention.
The performance of Civil Protection, as well as their agents, is especially relevant during the summer due to the high occurrence of forest fires in our country.
Forest fires are the phenomena connected to the civil protection that marks our country the most, for the environmental damage, material or even for the deaths that happen during it’s fight.
When we talk about civil protection and forest fires, it is inevitable to talk about volunteer’s firefighters. They are the principal agents of civil protection that, year by year, fight forest fires (not forgeting the important part of the other agents, like armed forces and other security forces).

 

KEYWORDS
Civil protection, forest fires, civil protection agents, firefighter

 

CEDIS Working Papers Direito, Segurança e Democracia ISSN 2184-0776

Ver Publicação

WP2 - DiSeD